Terreiro de Gafieira

Terreiro de Gafieira

Imagine três Companhias envolvidas em um único espetáculo de dança. Assim foi a terceira temporada de Terreiro de Gafieira ocorrido em maio de 2017. O projeto Intrépida ConVida recebeu em seu Espaço de Criação Intrépida Trupe, na Fundição Progresso, Rio de Janeiro, a Companhia Aérea de Dança e a Companhia Di Dança. O espetáculo, sob a direção de João Carlos Ramos, nos leva a uma imersão às origens e influências do samba de gafieira. Com graciosidade, elegância e muito alto astral, apresentou da capoeira dançada ao tango com pitada de Brasil. João Carlos Ramos e Diego Fiori, com seu grande elenco de bailarinos, nos mostraram o quanto é rica a dança brasileira. Impossível sair do espetáculo sem uma vontadezinha de se matricular numa escola de dança de salão, tamanho o contágio.

Foram tantos números, estilos, passos, expressões e performances, que nunca havia feito tantos registros fotográficos em um único espetáculo.

Fotografar Terreiro de Gafieira foi um desafio de resistência e concentração, porque foi muito difícil me manter no ofício. Perdeu muito quem não viu e até que uma nova temporada chegue, fica aos incautos algumas poucas imagens, mas sem a sensação inebriante que invadiu os espectadores.

Mais uma atitude certeira da Intrépida Trupe, sobre a qual ainda lerão muito neste espaço.

Este slideshow necessita de JavaScript.